AVANTE… Fernando Pessoa!

O guardador de rebanhos

 

 

 

(Trecho)

 

“Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode

                                                               [ver no Universo…

Por isso a minha aldeia é tão grande como outra

                                                               [terra qualquer

Porque eu sou do tamanho que vejo

E não do tamanho da minha altura…

 

Nas cidades a vida é mais pequena

Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na cidade as grandes casas fecham a vista à

                                                                               [chave,       

Escondem o horizonte, empurram o nosso olhar

[para longe de todo o céu,

Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que

  [os nossos olhos nos podem dar,

E tornam-nos pobres porque a nossa única

    [riqueza é ver.”

 

Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)

 

Alberto Caeiro é o melhor heterônimo que existe, um gênio na mente desse Fernando Pessoa, nele Fernando soube canalizar toda a sua simplicidade e expressou de forma poética e grandiosa essa visão rústica e peculiar do homem campineiro.

 

JBS

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s